Centro Educacional de Seabra realiza evento sobre consciência negra

O Centro Educacional de Seabra (CES) maior escola estadual da região, promoveu uma semana sobre a consciência negra. Foram realizadas oficinas, palestras e gincanas, estruturadas a partir de uma dimensão dialógica com a comunidade de Seabra e alunos da instituição.

Nas palavras do diretor do CES João Bina, o dia da Consciência Negra vai além de trazer conhecimento para a escola, mas sobretudo provocar a conscientização da sociedade sobre a necessidade de maior inserção social de diversos povos das comunidades quilombolas da Chapada que abrangem boa parte do núcleo territorial de Seabra, muitos inclusive tiveram o direito á educação historicamente excluído.

Conforme Iago Santos que esteve presente e é também aluno do CES, a participação ativa da comunidade nesse evento da escola é uma forma de reflexão acerca da base de nossa sociedade e de como ela foi fundada, já que os povos quilombolas foram os primeiros a habitar essa região.

De acordo com a abordagem dos alunos do CES é fundamental que as pessoas percebam como se deu a negação dos direitos aos negros desde a colonização da Chapada e juntos perceberem a importância das cotas nas escolas e Universidades e da continuidade da luta pela concretização dos direitos quilombolas.

Curtiu? Siga o CHAPADA NOTICIA no Facebook e no Twitter.

“O evento sobre a consciência negra nos faz refletir sobre as dívidas que o Brasil tem para com os negros, aí a gente reflete também sobre o porquê das cotas, afirma Iago Santos.

Além da promulgação de palestras e oficinas os alunos tiveram a oportunidade também de expor os trabalhos desenvolvidos no decorrer do ano numa feira, como objetos artesanais que refletem a cultura de Seabra e comunidades rurais.

Por Maiudes Anjos e Najara Alves- UNEB

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

Curta nossa Pagina no Facebook.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco