VCAN provoca temporal duplo com vento de 69,4 km/h em Itaberaba

Nuvens carregadas que se desenvolveram no centro-norte do estado da Bahia nas últimas 24 horas provocaram um temporal duplo no município de Itaberaba.

De acordo com a Defesa Civil, vários pontos ficaram alagados e as rajadas de vento destelharam construções, dentre elas um conjunto de prédios no bairro Vida Nova Itaberaba. Não houve registro de desabrigados.

Dados meteorológicos registrados

A estação meteorológica automática operada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) no município aferiu rajada máxima de vento de 19,3 m/s (64,9 km/h) e precipitação acumulada de 54,9 milímetros.

Logo após o primeiro temporal e que provocou os maiores danos, outra carga de chuva produziu vento máximo de 17,8 m/s (64 km/h).

A carta sinótica sobre o nível de 250 hPa (10 mil metros de altitude) elaborada pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe) mostrou a atuação do Vórtice Ciclônico em Altos Níveis (VCAN) com núcleo sobre o Oceano Atlântico.

A difluência dos ventos deste sistema de baixa pressão atmosférica com os da Alta da Bolívia (AB), anticiclone em níveis altos, gerou muita divergência (diferença) de massas de ar, o que contribuiu para a formação das nuvens carregadas, que abastecidas de ar quente e úmido em camadas mais baixas acabaram resultando nos temporais.

(Crédito das imagens: Reprodução/Google – Reprodução/Cptec/Inpe – Reprodução/Inmet –

(Fonte da informação: De Olho No Tempo Meteorologia)

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: