Produtor rural transforma estrume de porco em gás de cozinha em Andaraí

Um produtor rural da cidade de Anadaraí, na região da Chapada Diamantina, instalou um biodigestor na propriedade dele que transforma o estrume do porco em gás de cozinha.

A criação de suínos de seu Antônio Gomes de Lima fica em Umburanas, na zona rural do município. A atividade começou há três anos.

Antes o produtor rural já trabalhava com o cultivo de produtos agrícolas. Preocupado com o que fazer com a grande quantidade de dejetos produzida pelos animais, seu Antônio teve a ideia de instalar o biodigestor e ainda gerar uma economia no orçamento, já que usa o gás produzido pelo equipamento para cozinhar, quando está na propriedade.

“[Pensei] tenho que fazer alguma coisa pra dar sumiço nesses dejetos”, conta seu Antônio. No sistema usado por seu Antônio, os dejetos dos animais são direcionados para um tanque, que armazena tudo por algumas horas ou dias. O biodigestor é fechado, ou seja, não permite a entrada de ar.

É dentro dele que ocorre a fermentação ou a degradação da matéria. Em alta temperatura, o resíduo orgânico produz bactérias que geram acetato, um tipo de ácido, que gera o gás metano, o biogás. Com o sistema, seu Antônio economiza não compra o gás de cozinha convencional, vendido a cerca de R$ 70 o botijão. “Eu não tenho mais esse problema. Me livrei da conta de gás, agora eu quero me livrar da conta de luz”, disse ao G1.

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

  Clique aqui para acompanhe nossa Transmissões ao vivo na página no Facebook.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: