Grupo protesta em Morro do Chapéu

O Movimento “Unidos pela Dor” reuniu centenas de pessoas numa passeata nesta sexta (10), nas ruas centrais de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina. Os manifestantes reivindicaram melhorias na saúde pública do município e a restauração do Hospital Maternidade São Vicente de Paulo. A atividade foi marcada por muita emoção e dor, de pessoas que perderam parentes pela falta de assistência. 

A ideia do movimento surgiu após a morte de três recém-nascidos na Maternidade São Vicente, na primeira semana de maio. Após a divulgação, outros casos surgiram, relacionados à negligência médica, falta de atendimento e infecção hospitalar, denuncia o grupo. De acordo com dados do Ministério Público, desde novembro de 2012, 19 casos estão sob investigação.
Os participantes da passeata fizeram uma parada em frente ao hospital e ficaram um minuto em silêncio, pelas vítimas. Em seguida, pararam em frente à Câmara de Vereadores, onde foram lidas as reivindicações, encaminhadas ao legislativo para que providências sejam tomadas.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: