Nova ministra do Trabalho foi citada em delação da Odebrecht

A nova ministra do Trabalho, a deputada Cristiane Brasil (PTB) foi citada em delação da Odebrecht como beneficiária de caixa dois de campanha no valor de R$ 200 mil.

Segundo a Folha de S. Paulo, em depoimento prestado ao Ministério Público Federal (MPF), o ex-diretor da empreiteira no Rio de Janeiro Leandro Andrade afirmou ter repassado a quantia à congressista em 2012, em um escritório no Rio – no ano em questão, ela concorria a uma cadeira na Câmara de Vereadores.

O pagamento fazia parte, segundo ele, de um acerto prévio feito com o ex-prefeito Eduardo Paes (PMDB) e o deputado Pedro Paulo (PMDB). Os dois negam.

Brasil é filha do ex-deputado cassado Roberto Jefferson, atual presidente nacional do PTB, que foi o primeiro delator do esquema do mensalão.
(Metro1)

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: