Itaetê: Valmir critica prefeita por não apoiar educação rural

Em discurso feito na manhã desta terça-feira na Câmara Federal, o deputado Valmir Assunção (PT) fez críticas à administração da prefeita Lenise Lopes Campos Estrela, do município de Itaetê, na Chapada Diamantina, por não fortalecer as ações em programas de educação. Nesta semana os sem terra ocuparam a sede da prefeitura porque em protesto contra o abandono na educação no campo. Cerca de 300 assentados e acampados do MST ocuparam a sede da prefeitura reivindicando a construção de escolas e creches, postos de saúde, investimentos em produção e maquinário. A pauta de reivindicação deverá ser apresentada à prefeita Lenise. Segundo Valmir, os sem terras foram obrigados a ocupar a Prefeitura porque a prefeita da cidade não fortalece o programa de educação. – As escolas estão abandonadas e as estradas são intransitáveis no município. Isso obrigou os sem terra a fazer a ocupação. Muitas vezes colocam que os sem-terra são radicais, que são intransigentes, mas eles, simplesmente, estão lutando para que seja garantido o direito à educação. Os sem-terra têm direito de ter escola decente, professores capacitados nos Municípios onde têm assentamentos de reforma agrária. Por isso que lutam, por isso que pressionam e, muitas vezes, por isso que ocupam prefeituras. (Política Livre)

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

  Siga o Chapada Noticias no Twitter, Instagram e Facebook e fique por dentro de todas as novidades.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: