Educação realiza seleção para professores assistentes em Itaberaba

A Prefeitura de Itaberaba, através da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), aplicou, na manhã desta terça-feira (8), as provas escritas da Seleção Pública dos programas Mais Alfabetização e Novo Mais Educação para  600 inscritos. São 80 vagas oferecidas, sendo 20 vagas do Mais Alfabetização e 60 do Mais Educação.

O processo seletivo acontece em duas etapas: a primeira, consiste na avaliação escrita, realizada esta manhã no CENACON Pe. Giovanni Caneva; a segunda, será a avaliação (seleção) de títulos. Segundo a Seduc, os resultados da Seleção serão divulgados já na próxima quinta-feira (11), seguindo o cronograma determinado pelo Ministério da Educação (MEC).

O Novo Mais Educação é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo melhorar a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática no ensino fundamental, por meio da ampliação da jornada escolar de crianças e adolescentes, otimizando o tempo de permanência dos estudantes na escola.

O Programa funcionará por meio do reforço pedagógico em Língua Portuguesa e Matemática e do desenvolvimento de atividades nos campos de artes, cultura, esporte e lazer, impulsionando a melhoria do desempenho educacional mediante a complementação da carga horária em cinco ou quinze horas semanais no turno e contra turno escolar.

Em Itaberaba, o programa será implementado nas unidades da Rede Municipal de Ensino (RME), através da articulação institucional e cooperação com as secretarias estadual e municipal de educação, mediante apoio técnico e financeiro do Ministério da Educação – MEC.

No caso do Programa Mais Alfabetização, os candidatos selecionados passarão, ainda, por capacitação, promovida pela Seduc, para estarem aptos a atuar como Assistentes de Alfabetização e trabalhar diretamente na própria sala de aula, auxiliando o professor regente.

O Mais Alfabetização visa fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização – para fins de leitura, escrita e matemática – dos estudantes nos 1º e 2º anos do Ensino Fundamental, garantindo o apoio adicional – prioritariamente – no turno regular, com a presença do assistente de alfabetização ao professor alfabetizador, por um período de cinco horas semanais, para as unidades não vulneráreis; ou período de dez horas semanais, para as unidades escolares vulnerávei

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

  Siga o Chapada Noticias no Twitter, Instagram e Facebook e fique por dentro de todas as novidades.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: