Construção do Campus Itaberaba do IF Baiano segue em ritmo acelerado

As obras de construção do Campus Itaberaba do Instituto Federal de Educação (IF Baiano) estão em ritmo acelerado, seguindo o cronograma estabelecido pelo projeto. Segundo Júlio Régis Granja Barbosa, engenheiro civil e responsável pela obra – a cargo da Lessa Engenharia e Consultoria -, já foi concluída a parte mais demorada da construção dos prédios.

“Já concluímos os trabalhos que demandam mais tempo, que é a fundação da obra. Estamos fazendo agora a parte estrutural com pilares para erguermos as paredes do bloco de salas de aulas. Também estamos em andamento com a construção do outro bloco, onde funcionará o refeitório”, informa o engenheiro.


Segundo ele, na obra do campus do IF Baiano trabalham atualmente 62 operários, entre pedreiros, carpinteiros, montadores de ferragens, e serventes, 90% deles moradores de Itaberaba. “Neste mês de maio estaremos contratando mais 15 a 20 trabalhadores, entre eles eletricistas e operadores de betoneiras”, informa Júlio Barbosa.

O mestre de obras Sidnei Santos informa que está havendo uma grande procura por empregos na obra e que mais de 600 currículos foram recebidos. A previsão é de que a primeira etapa da obra será entregue no prazo, em janeiro de 2014. “A segunda etapa de implantação do campus será a construção do Bloco Administrativo, que levará 6 meses a partir da liberação da ordem de serviço”, diz o engenheiro.

Ele destaca, ainda, que o IF Baiano irá implantar seus cursos técnicos de acordo com o que o próprio município escolher via pesquisa e consulta popular. O funcionamento da instituição de ensino federal deverá trazer a Itaberaba dezenas de professores e funcionários, além de cerca de 1.000 alunos – boa parte de outros municípios.

Isso deverá aquecer ainda mais a economia – traduzindo-se em mais empregos no comércio local -, a exemplo de vagas em pousadas, hotéis, bares e restaurantes, além de impulsionar o mercado imobiliário com a procura de apartamentos e casas para aluguel pelos estudantes e profissionais que virão de outras localidades para morar em Itaberaba.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: