Estado de saúde de bebê encontrado em caixa de sapatos é delicado

abandonado dentro de uma caixa de sapatos é considerado delicado, segundo a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). O bebê continua internado na Maternidade Albert Sabin e não tem previsão de alta médica, especialmente depois de contrair uma infecção e sofrer uma piora na terça-feira (26). 

O estado de saúde do recém-nascido

–>

A criança foi encontrada em um ponto de ônibus no bairro do Lobato, na noite da sexta-feira (22). De acordo com informações da Polícia Militar, os policiais da Operação Gêmeos perceberam o bebê ainda com cordão umbilical e parte da placenta em uma caixa de sapato.  
Duas camisas do Colégio Estadual Landulfo Alves, na Cidade Baixa, serão pistas para a polícia esclarecer o caso do menino, que estava envolvido pelas fardas quando foi encontrado. 
Investigadores da Delegacia de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Dercca) estão em busca da mãe do recém-nascido. A delegada Simone Malaquias acredita que a mãe do bebê pode ser uma aluna, funcionária ou ter alguma ligação com a escola Landulfo Alves. “As duas camisas de uniforme escolar são pistas importantes para se saber quem e o que levou ao abandono do recém-nascido”, diz. A delegada está mantendo contato constante com o Juizado da Infância e do Adolescente.
Ela acredita ainda que o bebê esteve exposto a riscos até de morte por ser deixado sozinho no ponto. “Ele poderia ter desidratado ou ser atacado por algum animal”, explica.
Para a delegada, o fato de não poder criar o filho não justificaria a ação de deixá-lo na rua. “O primeiro passo para evitar o abandono é procurar pelo Juizado da Criança e Adolescente ou o Conselho Tutelar para receber orientações”. Ainda sem nome, o menino ganhou o apelido de Albertinho pelos funcionários da maternidade onde está internado. 

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

Curta nossa Pagina no Facebook.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Fale conosco