Assassinos de líder do MST chegaram para roubar, diz polícia

Os dois homens que mataram Marcio Oliveira de Matos, de 33 anos, chegaram para roubar, segundo a Polícia Civil. De acordo com o Correio, Marcinho do MST foi morto com cinco tiros.

O delegado que investiga o caso, Fabiano do Santos Aurich, coordenador da 9ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Jequié), disse que os homens chegaram na casa de Matos, localizada num assentamento rural, pedindo dinheiro, mas saíram do local do crime sem levar nada. O assentamento Boa Sorte Una, onde Matos vivia, tem 416 famílias assentadas, possui 17.387 hectares e foi criado em 25 de julho de 2006

No momento em que foi assassinado, Matos estava em casa apenas com o único filho, de 6 anos. O delegado Fabiano Aurich preferiu não comentar sobre os tipos de balas encontradas no local do crime. Matos foi atingido no rosto e no tórax e morreu na hora.

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

  Siga o Chapada Noticias no Twitter, Instagram e Facebook e fique por dentro de todas as novidades.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

Fale conosco
%d blogueiros gostam disto: