Seabra é a 9ª cidade a receber projeto Escolas Culturais

O Colégio Estadual de Seabra, na Chapada Diamantina, foi transformado em um centro para fortalecimento da arte e cultura, nesta sexta-feira (1º), a partir da implantação do projeto Escolas Culturais. Com a presença do governador Rui Costa, o lançamento da iniciativa reuniu a comunidade estudantil do município em um evento marcado por apresentações teatrais, dança, música e poesia.

Rui destacou que o colégio passa a representar “um espaço para arte e cultura dos alunos da rede estadual e municipal e também da comunidade. Nosso objetivo é que a escola se transforme em um equipamento para a cidade inteira. Que ela se transforme em um local de lazer e cultura, com sala de cinema e espaço para apresentações de teatro. Queremos unir educação, cultura e esporte. Tudo isso transforma a vida do povo, melhorando a capacidade criativa da juventude”.

O colégio possui cerca de 1,2 mil alunos do 1° ao 3º ano, distribuídos entre a unidade localizada na sede do município e os prédios anexos, nas comunidades de Velame e Boa Vista. Na opinião do estudante Ivanildo Souza, 18 anos, “o Escolas Culturais vai trazer mais cultura e conhecimento para todos nós. Vai permitir que as novas gerações de alunos fiquem mais integradas com a escola”.

O Colégio Estadual de Seabra é a 9ª unidade de ensino do estado a receber o projeto. A iniciativa promove o acesso de crianças e jovens a atividades artísticas e culturais. Além disso, viabiliza a requalificação da escola para que ela seja um local de produção e representação da diversidade cultural do Território de Identidade em que se encontra.

Na oportunidade, o governador ainda garantiu a construção de uma quadra coberta, refeitório e ampliação do auditório da escola. Também serão viabilizados cursos técnicos para professores e reformas estruturais, entre outros benefícios.

Efervescência cultural

Presente no evento, o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, enfatizou que a iniciativa potencializa o processo de ensino e aprendizagem. “Toda essa efervescência cultural colocada no contexto da escola vai dar oportunidade para os estudantes terem um novo perfil pedagógico. Queremos levar essa experiência para os 27 Territórios de Identidade, com as primeiras 85 unidades do projeto, até 2018. Tudo isso trazendo ainda a universidade e os institutos federais como parceiros”.

Pinheiro acrescentou que a junção da educação com outras áreas tem gerado experiências exitosas nas escolas. Neste sentido, anunciou o aplicativo das Escolas Culturais, desenvolvido por estudantes do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) durante o desafio Hackathon, na Campus Party Bahia, em parceria com técnicos da secretaria.

O diretor do Estadual de Seabra, João Bina, revelou que o projeto é a realização de um sonho. “A maior integração entre a comunidade e a escola é o desejo de todo profissional da área de educação. Hoje, a comunidade veio para a escola e já demonstra abraçar essa proposta que vai mudar a realidade de cada um dos alunos, professores e familiares”.


Educar para Transformar

O projeto, que faz parte do Programa Educar para Transformar, é uma iniciativa conjunta das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Casa Civil, viabilizada pelo Fundo de Combate à Pobreza. O objetivo é fortalecer e dinamizar as escolas, por meio da cultura, em benefício e com a participação da comunidade.

O lançamento em Seabra também teve a presença dos secretários estaduais de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner; de Cultura, Arany Santana; de Relações Institucionais, Josias Gomes; e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana.

Repórter: Jairo Gonçalves

www.portaldafolia.com www.portaldabahia.com

Participe do Nosso Grupo no Whatsapp

Curta nossa Pagina no Facebook.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale conosco