PHS vai se reunir para discutir possível expulsão de Kannário

O presidente do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) na Bahia, Júnior Muniz, afirmou que reuniões já estão agendadas para discutir o futuro do vereador de Salvador e cantor Igor Kannário, filiado ao PHS, depois que ele se envolveu em uma confusão durante a micareta de Feira de Santana. Segundo Muniz, haverá uma reunião com a executiva nacional no dia 31, e outra com a estadual no dia 2 de junho, para decidir a situação do vereador. ” A gente vai se reunir para poder decidir isso com a comissão e com os demais pares que fazem parte do partido. Não ficou legal. Não é a primeira vez, é reincidente. Se a gente começar a colocar panos quentes, que isso não é o papel do partido, vai ficar ruim”, disse ao Metro1.

Na ocasião, o parlamentar disse para uma policial feminina que ele era mais autoridade. “Ô PFem! Você é só uma PFem, eu sou mais autoridade do que você: eu sou vereador! Me respeite! Procure o seu lugar”, disse do trio durante o evento no município baiano.

Júnior Muniz repudiou o episódio. “Foi contra uma corporação respeitada na Bahia pelo serviço prestado e contra uma mulher. Nós pregamos dentro do partido o fortaleciemento da mulher e a gente vê uma situação lamentável”, acrescentou.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *