Quadrilha roubava 150 carros por mês e vendia no WhatsApp

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP

Uma quadrilha movimentava o mercado de carros roubados em todo o Brasil. Os criminosos faziam ofertas, recebiam encomendas e chegavam a vender 150 veículos por mês.

Os bandidos roubavam os carros para abastecer leilões virtuais. As negociações eram feitas por mensagens de aplicativo de celular. Os chefes das quadrilhas ofertavam os veículos em grupos de conversas e os valores eram 10% do valor original do carro.

A reportagem do Fantástico teve acesso aos grupos de mensagens e às investigações. Após roubar os carros, os criminosos tiravam fotos e faziam propaganda dos veículos.

A Operação Máquina Nostra já prendeu 25 pessoas em três estados, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. A polícia também apreendeu bens e imóveis avaliados em mais de R$ 1,5 milhão e bloqueou sete contas bancárias. O chefe da quadrilha, Leonardo Augusto Prestes Cardoso, foi preso.

O negócio movimentava mais de R$ 1,5 milhão por mês. A quadrilha tinha cerca de 30 ladrões em Porto Alegre (RS), que roubavam 150 carros por mês.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: