Fotos do diretor da Yoki morto vazam na internet

Fotos de partes do corpo do empresário Marcos Kitano Matsunaga, diretor-executivo da empresa de alimentos Yoki, morto e esquartejado em maio, vazaram na internet nesta quinta-feira (30). Em sites de busca e listas de discussão podem ser visualizadas imagens da cabeça, do tronco e de membros da vítima. As imagens fazem parte do processo que apura o assassinato e a ocultação do cadáver do executivo. Um arquivo em formato PDF com as fotografias também foi distribuído por e-mail. Matsunaga, 41 anos, foi morto pela mulher, a bacharel em direito Elize Araújo Kitano Matsunaga, 30, após ser baleado, em 18 de maio deste ano. Ela confessou o crime e aguarda na prisão a decisão sobre se irá a júri popular. A Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP) garantiu que abrirá um procedimento para investigar a divulgação das fotos.

 

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.