FGTS inativo: o que fazer quando não encontrar seu saldo no sistema

A Consulta do saldo disponível no FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pode ser realizada de quatro maneiras: site, aplicativo, internet banking (para correntistas Caixa) e agências físicas. Caso não encontre os dados disponíveis em nenhum meio digital, não é preciso desespero: a instituição instrui que se compareça a uma agência física em posse de documento com foto e número do PIS, que pode ser encontrado na carteira de trabalho, no Cartão PIS/PASEP ou no cartão cidadão.

Na agência, o cidadão deverá criar uma senha de acesso, com a qual será possível consultar os valores disponíveis. Para atender a alta demanda, a Caixa anunciou que abrirá suas agências duas horas mais cedo até a próxima sexta-feira e excepcionalmente no sábado, dia 18. Os horários especiais serão usados apenas para assuntos referentes ao FGTS em si.

Podem sacar o FGTS completo aqueles contribuintes que tiverem contas inativas de acordo com a MP 763/16, ou seja, referentes a contratos de trabalho finalizados até 31 de dezembro de 2015. Os saques serão realizados até o dia 31 de julho deste ano, de acordo com o seguinte

calendário:

Nascidos em janeiro e fevereiro: a partir de 10/03/2017
Nascidos em março, abril e maio: a partir de 10/04/2017
Nascidos em junho, julho e agosto: a partir de 12/05/2017
Nascidos em setembro, outubro e novembro: a partir de 16/06/2017
Nascidos em dezembro: a partir de 14/07/2017

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *